21 dicas de mixagem de grandes nomes da produção musical!


Separamos 21 dicas de mixagens de grandes nomes da produção musical!
Veja o que dizem Steven Slate, Cris Lord Alge entre outros...

1. Use automação no fader do grupo da bateria para dar dinâmica a mixagem.

2. A voz está sem presença na mix? Copie ela, coloque bastante compressão, uma saturação e médio-agudos. Depois mixe na medida necessária com a voz original.

3. Quanto mais rápida a música, menos sub-graves queremos no bumbo. Corte até 80Hz se necessário!

4. Confira sempre a fase do bumbo com os overheads e rooms para trazer o bumbo para frente.

5. Para dar uma "engordada" nas guitarras durante o refrão, faça um grupo delas e coloque um compressor nele. No refrão suba uns +2dB na automação, o compressor vai atuar dando um corpo.

6. Está faltando atitude na sua caixa de rock? Use um sample de caixa "com ressonância", use compressão e também uma saturação moderada, mande para um reverb estéreo, adicione graves e mixe na medida necessária com a bateria.

7. Precisa equilibrar o bumbo com o baixo? Faça um pequeno corte nos 80Hz do baixo e dê um pequeno ganho de 80Hz no bumbo. Dependendo da música funciona!

8. Está com dúvidas na mixagem da bateria? Comece de cima para baixo! Crie o grupo da bateria mixe ela apenas com os faders e comece a processar pelo grupo, depois rooms e overs para dai "pegar" os "close mics".

9. Experimente adicionar reverb apenas nos mics indiretos da bateria como os rooms, isso pode evitar que "tire" presença da caixa.

10. Está faltando presença no baixo? Copie o baixo para um canal estéreo, use um HPF em 300Hz mais ou menos, distorça um pouco, e passe por um chorus. Mixe sutilmente com o baixo principal.

11. Cortar tanto graves como agudos do backing vocal ajuda a misturá-lo com a voz principal sem soar muito definido. Teste!

12. Falta brilho na caixa? Utilize os agudos dos overheads! Você vai chegar lá mais rápido do que equalizando o close mic sozinho.

13. Está com dificuldade em fazer com que a voz se sobressaia na mix? Separe a voz principal em 3 cópias: uma natural, uma brilhante e comprimida, e outra “crocante”. Faça automação das 3 ao longo da mix para que a voz se sobressaia.

14. Os melhores engenheiros de masterização sabem quando mexer a mix e quando devem deixá-la como está. Ouça antes de mergulhar nos EQs e compressores!

15. Acompanhar o seu delay com um pequeno reverb em torno de 40%, pode suavizá-lo e criar ainda mais profundidade.

16. Experimente comprimir um pouco o reverb, um pouco "achatado" pode deixá-lo com uma sonoridade interessante!

17. Muitos "picos" no violão? Limiters digitais são eficazes para domar violões excessivamente dinâmicos de uma maneira transparente.

18. Não tenha medo de extender a largura de banda do EQ. Boosts pequenos e largos tendem a soar mais musicais.

19. Não equalize os closes mics da bateria até você checar se a fase está coerente com os overheads.

20. Delays "aveludados" na voz. Atenue em torno de 3dB usando um hi-shelf em 8kHz, depois mande-o para um reverb de sala média em torno de 20%.

21. Para ajudar a voz a ter mais destaque e com ar, você pode utilizar um Hi-pass até 100Hz, um ganho de 5dB em 12kHz, depois comprima muito (em torno de 12dB), e então tire a sibilância com um forte de-esser.

Lembre-se, uma idéia pode funcionar para um caso e não funcionar para outro, estamos falando de mixagem! Faça seu testes e boas produções!



Marque já sua aula gratuita!

Clique aqui


GANHE UM CURSO DE PRODUÇÃO MUSICAL

quero participar


GRAVE SUA MÚSICA
ou CD!

Saiba mais


QUER AJUDA COM SEU HOMESTUDIO?

Clique aqui!






Nosso canal de comunicação está sempre aberto para você tirar suas dúvidas e se informar sobre o que vale mais a pena para você de acordo com os seus objetivos! Escreva!

Tire sua dúvida!


Inscreva-se e receba informações sobre promoções e cursos em seu e-mail.

Clique aqui